Área do Cliente
SIGA-NOS
Formulário de Contato

Conheça nossos serviços

Preencha todos os campos abaixo para que um especialista entre em contato com você.

Nome:

E-mail:

Telefone:

Informações extras: enviar

Políticas de Privacidade
Blog

Entenda tudo sobre como contratar cuidador de idosos!

Publicado no dia: 15/10/2021
Entenda tudo sobre como contratar cuidador de idosos!
Em algumas situações, chega o momento em que é preciso de um apoio para cuidar daquela pessoa especial que sempre esteve lá por nós.
Nesse cenário, o cuidador da pessoa idosa se torna essencial para manter a qualidade de vida e saúde do idoso, auxiliando no dia a dia e respeitando as suas particularidades.

A seguir, vamos elucidar tudo o que você precisa saber para contratar um cuidador de idoso. Boa leitura!
 

Empregado doméstico

Para começar, é importante deixar claro que cuidadores de idosos estão na lista contemplada por empregados domésticos, visto que, entende-se como trabalhador doméstico todo aquele profissional que presta serviços de forma contínua e não lucrativa no âmbito da família.

O idoso pode necessitar de cuidados especiais que requeiram uma formação mais específica como a de Enfermagem, contudo, ainda assim, o cuidador é considerado um empregado doméstico, pelos motivos apresentados acima.

Dessa forma, este funcionário deve ser registrado no eSocial como tal, cuidando para preencher o Código Brasileiro de Ocupações (CBO) corretamente, com o número 5162-10, garantindo, assim, os benefícios e responsabilidades tanto do empregado, como do empregador doméstico, a fim de se evitarem processos trabalhistas posteriores.

É importante destacar também que uma empregada doméstica, com atribuições de limpar a casa, passar roupas, entre outros, não pode assumir funções para além daquelas que foi contratada para realizar. Essa prática é chamada de acúmulo de funções e pode render processos. Além disso, pensando no bem-estar do idoso, é mais confortável e interessante contratar alguém que tenha conhecimento e técnica para o cargo.

Contrato e jornada de trabalho
As opções de jornada do cuidador de idosos são as mesmas de qualquer outro funcionário que realize o trabalho doméstico. Todas essas jornadas estão contempladas pela Lei Complementar n° 150. 

• Jornada integral: 44 horas semanais.

• Jornada parcial: até 25 horas semanais.

• 12 x 36: 12 horas de trabalho e 36 horas de descanso.

Quando o funcionário realiza o serviço à noite, há o adicional noturno. As horas extras também devem ser pagas nos mesmo moldes.

A jornada de trabalho mais utilizada quando se trata de cuidador de idosos é a 12x36, contudo, todos os detalhes devem ser conversados entre os envolvidos, para estabelecer qual é o melhor acordo para todos.

Acertadas essas condições, é imprescindível que ambas as partes assinem um contrato, no qual deverá estar discriminado quais serão os dias de trabalho, as atribuições do cuidador e suas funções para com o idoso.

No contrato também é importante especificar qual será a remuneração do funcionário, analisando a base salarial nacional e de cada Estado. Para ajudar a estabelecer o valor ideal, recomendamos o uso da nossa Calculadora de Salário.

O que observar na entrevista de emprego?

O cuidador de idosos deve ser uma pessoa atenciosa, paciente e atenta. Além disso, o seu modo de agir e se portar precisa estar de acordo com a da pessoa que receberá os cuidados.

Como essa relação será bem íntima, é essencial que haja empatia entre as partes, inclusive, com o contratante dos serviços, pois, muitas vezes, todos ficarão juntos na mesma casa por um longo período.

Assim como falamos acima, é preciso avaliar as formações do cuidador, já que é possível que o trabalho demande habilidades especiais e específicas para aquele idoso.

Buscar referências é uma ótima forma de começar, conversar com ex-empregadores e entrevistar mais de uma pessoa também é importante.

Observe a postura do profissional ao longo da entrevista, sua disponibilidade, como ele costuma resolver os problemas e a sua personalidade no geral.

Deixe a burocracia com a gente!

Esse momento pode ser encarado de maneiras diversas, variando para cada pessoa e, nem sempre estamos com cabeça para resolver certas coisas, principalmente toda a papelada, registro no eSocial e a gestão do funcionário ao longo dos meses.

Para te ajudar com tudo isso, confie em especialistas no assunto e não se preocupe com mais nada! Conheça os planos acessíveis da Conexão Doméstica.

 
« Voltar